Como aumentar os seios

Milhares de mulheres sofrem, se sentem inseguras e deprimidas por não estarem satisfeitas com o tamanho de seus seios, e buscam a resposta definitiva sobre como aumentar os seios de forma natural e saudável, sem cirurgias.


Uma dessas mulheres é Laura, do site www.metodoaumenteosseios.com.br

Cansada de sofrer, Laura ficou obcecada em descobrir se existia alguma forma de realmente aumentar os seios de forma natural, sem cirurgia. Leu dezenas de livros e sites de todo o mundo, e se tornou uma especialista no assunto.

Ao juntar as melhores informações dessa jornada de aprendizado, criou um método para testar em si mesma e pôs a mão na massa. Em 6 semanas teve que trocar todos os seus sutiãs. Em 9 meses, havia aumentado os seios em 270ml.

Querendo ajudar outras mulheres a se sentirem mais confiantes e bonitas, Laura decidiu criar um curso digital, um manual em vídeo-aulas com todos os segredos e técnicas que ela havia aprendido e que deram resultado. O método é hoje um sucesso !


Saiba mais sobre a Laura, sobre o curso, e tire todas as suas dúvidas através do site www.metodoaumenteosseios.com.br



9 problemas comuns após implantes nos seios

Após a cirurgia de implante de prótese nos seios, cerca de uma a cada três mulheres irá precisar de uma nova cirurgia dentro de 10 anos.

problemas silicone

As cirurgia adicionais podem ser necessárias como resultado de complicações como a contratura capsular (endurecimento da cápsula cicatricial ao redor do implante), mudanças relacionadas à idade (flacidez dos seios) ou a ruptura do implante.
Todas as formas da cirurgia envolvem algum grau de risco. As complicações que podem afetar qualquer pessoa que tenha a cirurgia incluem:
  • uma reação adversa ao anestésico
  • sangramento excessivo
  • risco de infecção
  • desenvolver coágulos de sangue (onde o sangue engrossa para formar grumos sólidos)
Há também 9 complicações especificamente associadas com a cirurgia de implante de seios que são bastante comuns de acontecer. Veja quais são:

#1 - Contração Capsular

Depois do implante mamário, seu corpo vai criar uma cápsula de tecido cicatricial fibroso ao redor do implante, como parte do processo de cura. Esta é uma reação natural que ocorre quando qualquer objecto estranho é implantado cirurgicamente no corpo.
Ao longo do tempo, o tecido cicatricial começará a diminuir. O encolhimento é conhecido como contração capsular. A taxa e extensão à qual ocorre o encolhimento varia de pessoa para pessoa. Em algumas pessoas, a cápsula pode apertar o implante, tornando os seios mais duros. Você também pode sentir dor e desconforto.
A contratura capsular é uma complicação inevitável da cirurgia de implante mamário. Todos que fizerem os implantes mamários vão experimentar a contratura capsular, até certo ponto, e é provável que uma nova cirurgia seja necessária no futuro.


#2 - Ruptura da prótese de silicone

A ruptura é uma cisão que ocorre na carcaça do implante. A ruptura pode ser causada por:
  • enfraquecimento do implante: a bolsa que detém o silicone ou a solução salina fica mais fraca com o tempo
  • danos à prótese durante a cirurgia
  • falhas na produção da prótese
  • ferimentos ou lesão nos seios implantados
Quando os implantes foram desenvolvidos, tinham paredes muito finas e a ruptura era um problema comum. No entanto, com os implantes modernos a ruptura tem acontecido com menos frequência.

Se você tem prótese de silicone, a ruptura pode causar problemas graves de saúde. Você deve procurar o médico em caso de qualquer suspeita e realizar todos os procedimentos necessários para descobrir se realmente houve a ruptura.


#3 - Siliconomas

Se você tem uma prótese de silicone que se rompe, o silicone pode se espalhar para fora da cápsula cicatricial. Isto pode conduzir ao desenvolvimento de pequenas protuberâncias conhecidas como siliconomas. Elas podem ser sensíveis ao toque e se estão causando dor significativa podem precisar ser removidas. Em casos raros, o silicone pode se espalhar para os músculos em seu peito, seus nódulos linfáticos (glândulas), sob a axila ou em torno dos nervos do braço.


#4 - Vazamento do Silicone

O vazamento do gel ocorre em algum grau em todas as próteses mamárias, e tem sido recentemente um problema.
Ocorre quando as pequenas moléculas de polímero de silicone da superfície do implante são levadas para os tecidos circundantes ou ao sistema linfático (a rede de vasos que ajuda o corpo a combater as infecções e são encontrados em vários locais de todo o corpo, incluindo nas axilas).
Se as moléculas de silicone entrarem no sistema linfático, podem causar nódulos linfáticos (glândulas) que podem inchar e não raramente causar desconforto.


#5 - Cicatrizes ao colocar as próteses de silicone nos seios

Após a cirurgia, você terá inevitavelmente algum grau de cicatrização. Na maioria dos casos, a formação de cicatrizes é relativamente leve. No entanto, em cerca de uma em cada 20 mulheres, a cicatrização é mais grave. Para estas mulheres, as suas cicatrizes podem ser:
  • vermelha, ou altamente coloridas
  • granulosas
  • grossas ( espessas )
  • dolorosas
Os sintomas de cicatrizes graves devem melhorar gradualmente. Ao longo do tempo as cicatrizes vão começar a desaparecer, no entanto, em alguns casos, pode levar vários anos até que que haja uma melhora notável


#6 - Diferença na pele dos seios

Um implante mamário pode afetar a aparência da pele em seus seios. Por exemplo, após a sua operação você pode achar que a sua pele tem:
  • vincos
  • torções
  • dobras
  • ondulações
Estes sintomas são mais comuns em mulheres que têm seios muito pequenos antes de realizarem a cirurgia de implante de prótese de mama.


#7 - Aumento ou diminuição de sensibilidade nos mamilos

Após a cirurgia de implante de seio, cerca de uma a cada sete mulheres relataram que seus mamilos estão menos sensíveis ou completamente insensíveis.
Por outro lado, o contrário também pode ocorrer e seus mamilos podem se tornar mais sensíveis. As vezes, os mamilos podem tornar-se tão sensíveis que causam dor. O aumento da sensibilidade geralmente dura de três a seis meses.Se os seus mamilos estão doloridos, procure seu médico.


#8 - Infecção e sangramento

Após a cirurgia de implante da mama, infecção e hemorragia são relativamente raros, ocorrem em menos de 1% dos casos. Hemorragia interna também é incomum.
No entanto, se você fez um implante para a reconstrução da mama após uma mastectomia (retirada da mama), você pode ter um maior risco de infecção e sangramento.
A maioria das infecções podem ser tratadas com antibióticos. No entanto, se o seu peito se tornar severamente infectado, a prótese precisará ser removida para evitar complicações. Você deve ser capaz de ter o implante reinserido após o tratamento da infecção.
No entanto, é importante que o implante não seja re-introduzido muito em breve, pois isso pode aumentar o risco de infecção. Esperar um mínimo de três meses após a remoção é normalmente recomendado.
Algumas pesquisas sugerem que o risco de infecção e sangramento pode aumentar se você fuma, porque seus ferimentos vão demorar mais tempo para curar. A Associação Britânica de Cirurgia Plástica Reconstrutiva e Estética (BAPRAS) recomenda que você não fume antes de sua cirurgia a fim de reduzir o risco de complicações.


#9 - Seroma

Após fazer a cirurgia de implante nos seios, o fluido pode acumular-se em torno de seu implante. Isto é conhecido como um seroma e é bastante comum. Nos casos mais graves, uma cirurgia adicional pode ser necessária para drenar o fluido. No entanto, seromas geralmente desaparecem sem a necessidade de serem drenados.


Como aumentar os seios naturalmente

Você está querendo aumentar os seus seios? Questionando se é possível aumentar os seios naturalmente ? Quer uma alternativa pois não quer aumentar os seios através de cirurgia ?

Como aumentar os seios naturalmente

São vários os motivos que levam uma mulher a querer aumentar os seios. Simplesmente não está satisfeita com eles, ou pensa que são inadequados, ou talvez queira preencher alguma roupa sensual, como um sutiã sexy ou decotes mais reveladores, e assim ficar mais atraente.

É muito habitual que as mulheres queiram seios mais volumosos e firmes, como os que vêem na televisão, nas revistas e internet. Os seios "perfeitos" são algo que muitas mulheres como você querem ver em seus corpos, particularmente hoje em dia, com um crescente número de mulheres que se submetem a intervenções cirúrgicas de aumento dos seios, tanto que se transformou quase em uma indicação de status.

Veja também:

Você já pensou sobre o aspecto artificial arredondado, firme e imóvel dos implantes nos seios?

Sabia que a maioria dos homens preferem seios naturais a seios "siliconados" ?

Você, como milhões de outras mulheres, quer aumentar os seios sem cirurgia, e possivelmente todas se perguntam a mesma coisa: “Os sistemas naturais para aumentar os seios funcionam de verdade?".

A resposta, simplesmente, é que sim, pode funcionar.

Pode funcionar se combinar todos os conhecimentos sobre as técnicas realmente eficazes para aumentar os seios.

As plantas de ervas em certos produtos contêm um hormônio natural chamada fito estrogênio, e é o ingrediente principal que resulta em um maior tamanho no tecido mamário. Tais hormônios naturais estimulam os receptores de estrogênio nos seios, e estimula o aumento do tamanho dos seios. Os fito estrogênios estão principalmente em vegetais ("fito" significa "planta"). Os fito estrogênios possuem uma estrutura muito similar à do hormônio feminino estrogênio, produzido naturalmente no organismo humano.

As ervas estimulam a produção de estrogênio no corpo feminino do mesmo modo que o estrogênio é liberado quando uma mulher fica grávida. A idéia é que o busto aumente do mesmo modo que quando a mulher fica grávida.

A maioria dos suplementos de aumento de seios possui ervas naturais em seus extratos. As dietas para o aumento dos seios usam uma variedade de ervas que ajudam a estimular o desenvolvimento dos seios.

Os sistemas de aumento de seios naturais são cada dia mais populares, já que cada vez mais mulheres compreendem os problemas, perigos e desafios a longo prazo das cirurgias para aumentar os seios. Desses sistemas um se destaca pelos resultados e pela garantia (seu dinheiro de volta se não ficar satisfeita), com alternativas naturais e seguras para aumentar o tamanho dos seus seios naturalmente.


Você pode imaginar como sua vida mudaria com seios maiores?

PS: Este método te oferece uma garantia total. Então, se não notar um aumento de seus seios, ou simplesmente não gostar do método, te devolvem o total do investimento, sem fazer nenhuma pergunta. Você não tem nada a perder !




Riscos da cirurgia de implante nos Seios

Até pouco tempo atrás, se uma mulher quisesse ter seios maiores e mais firmes, tinha só uma alternativa: entrar no bisturi e colocar implantes nos seios.

Riscos do silicone

Houveram muitas modificações e mudanças nos últimos anos, que eliminaram alguns dos perigos da anestesia, da cicatrização e de complicações adicionais. Mas os perigos ainda estão presentes, não somente durante a cirurgia, mas também no cuidado depois da cirurgia e no tratamento adicional. O maior risco em qualquer tratamento cirúrgico é o perigo de morte.

Existem diversos problemas que podem acontecer, desde infecção a uma hemorragia. Muitos dos desafios que com freqüência aparecem são a respeito do procedimento da anestesia, que é bastante complicada. A quantidade de anestesia requerida varia de um paciente para outro.
Um em cada 250 mil pacientes, aproximadamente, morre por complicações da anestesia durante os procedimentos cirúrgicos.

Cirurgia Silicone

Os coágulos sanguíneos também não são pouco freqüentes nas cirurgias de seios.

Destes coágulos podem se manifestar hematomas, que é uma ruptura em uma quantidade de vasos sanguíneos. Essa ruptura com o sangue e os fluidos que estão debaixo da pele propiciam um ambiente fértil para o começo de infecções.

Outra dificuldade comum nesses procedimento cirúrgicos é quando o implante perde seu suporte de tecidos. Sem o apoio destes tecidos, o implante simplesmente cairá abaixo do cubículo habitual do seio, e isso pode provocar muitas perturbações na pele e nos tecidos circundantes.

Isto também criará um aspecto de "pendurado" que piorará com o tempo. Se isto acontecer, então possivelmente será necessário outro procedimento cirúrgico caro e e arriscado.

Uma alternativa

As mulheres que optam pela cirurgia plástica para aumentar seus seios, geralmente pensam que não tem outra opção. Mas houve muito progresso na investigação do crescimento do seios, e finalmente foi alcançado um resultado eficaz. Existem poderosas ações naturais para aumentar, com grande sucesso, o tamanho dos seios sem ter que submeter a cirurgias caras e arriscadas.

A capacidade de estimular as células do peito para aumentarem e expandirem pode causar um aumento substancial para as mulheres que usarem  o sistema certo de aumentar os seios naturalmente.

Se quer evitar a dor e os gastos associados aos tratamentos cirúrgicos, então você deveria considerar os aumentos natural dos seios. Resultados garantidos, rápidos e simples. Em poucos dias, mulheres de todas as idades podem começar a sentir e a ver diferença no volume e na forma de seus seios.

Você pode imaginar como sua vida mudaria se tivesse seios maiores?

Como aumentar os seios sem cirurgia

Muitas mulheres sonham em ter os seios maiores, mas não querem fazer cirurgia, seja pelos riscos, pela saúde ou pelo preço. Para essas mulheres, hoje existem maneiras para aumentar o tamanho dos seios sem precisar "entrar na faca".

Como aumentar os seios sem cirurgia


Exercícios

A verdade é que não existe nenhum exercício milagroso que aumentará naturalmente o tamanho de seus seios como mágica, mas existem sim muitos exercícios que aumentam seus músculos do peito, dando assim uma "valorizada" e um aumento de volume na região peitoral. Só a melhora da postura causada por praticar exercícios físicos para aumentar os seios, já faz com que os seios pareçam maiores, mais firmes e mais arredondados.

exercício


Alimentos

A dieta e a nutrição também são essenciais para aumentar o tamanho dos seios de maneira natural. "Você é o que você come". Os alimentos que entram em seu sistema podem transformar por completo sua saúde e sua aparência, portanto é absolutamente essencial que se escolha corretamente os alimentos para aumentar os seios.

É fundamental saber quais alimentos estimulam a produção dos hormônios necessários ao desenvolvimento dos seios.

Confira alguns alimentos que ajudam no crescimento e desenvolvimento da glândula mamária. Esses alimentos estão cheios, principalmente, de fito estrogênios:
  • sementes de abóbora 
  • produtos de soja
  • sementes de linhaça
  • qualquer produto lácteo 
  • cravo 
  • gengibre 
  • tomilho 
  • pimentões
  • grão de bico
  • feijões 
  • lentilha
  • aveia 
  • arroz integral 
  • maçã 
  • ameixa 
  • papaia 
  • batata doce 
  • abóbora 
  • tomate 
  • inhame
Todos os alimentos mencionados acima são uma extraordinária fonte de fito estrogênios e na verdade deveriam ser consumidos regularmente para aumentar o tamanho de seus seios. ( Além de diversos outros benefícios para a saúde )

Existem também suplementos,  cremes para aumentar e tonificar os seios, e dependendo de sua fé, você pode até tentar uma simpatia para aumentar o seios.


Mas então...Como aumentar os seios sem cirurgia ??